Notícias

24 de Setembro, 2021

CARNE 100% RASTREAVEL E LIVRE DE DESMATAMENTO

Como maior empresa do varejo de alimentos do país, o Grupo Carrefour Brasil acredita que é possível impactar positivamente a sociedade, engajando parceiros nesses esforços e estimulando mudanças em todas as etapas da cadeia de fornecimento. Essas práticas estão em linha com o Act for Food, posicionamento de marca que reforça a estratégia de liderar os movimentos que levam à alimentação saudável, sustentável e a preço acessível. Deste modo, juntamente com a Fundação Carrefour e a IDH – Iniciativa para o Comércio Sustentável, o Grupo se torna a primeira empresa no país a comercializar carne 100% rastreável, do nascimento do bezerro até a prateleira do supermercado, e livre de desmatamento. O produto está sendo vendido, desde julho, em uma das lojas mais populares da rede, no Hiper de Interlagos (São Paulo), pois sustentabilidade não precisa custar caro. A iniciativa pioneira permite que os consumidores tenham acesso a informações por meio de um QR Code estampado na etiqueta do produto.

O resultado é fruto de uma parceria iniciada em 2018, cujos investimentos somam mais de 20 milhões de reais aplicados em Mato Grosso, no Programa de Produção Sustentável de Bezerros. O objetivo é a inclusão socioeconômica de 450 pequenos produtores, fornecendo assistência técnica, financeira e ambiental para o desenvolvimento de uma cadeia pecuária mais forte, economicamente viável e que resulte em um produto sustentável desde a origem.

O Grupo acredita no potencial de transformação socioambiental, incluindo economicamente o pequeno produtor e ajudando-o a preservar e a recuperar os biomas. Toda a estratégia do programa é dirigida a pequenos produtores de bezerros, com uma abordagem inovadora, que busca torná-los mais eficientes, melhorando a produtividade nas propriedades, aumentando suas receitas e abrindo oportunidades de investimentos, o que reforça ainda mais o compromisso do Grupo no  combate ao desmatamento, incentivando a  produção sustentável e a responsabilidade social. É importante ressaltar que não se trata de um conjunto de intervenções meramente assistenciais, mas de desenvolvimento para a estruturação individual desses pequenos produtores, por meio de modelos de negócios consistentes e acesso à financiamentos e investimentos.

FONTE: CEBEDS

Notícias anteriores

ESG: MAIS QUE A LINHA DE CHEGADA, É SOBRE A FORMA DE CAMINHAR

Na busca pela coerência e a consistência, é preciso reconhecer as inconsistências ao longo do caminho, escreve Anna de Souza Aranha

19 de Outubro, 2021 leia mais

MUITO ALÉM DO CO2: CINCO TEMAS PARA UMA AGENDA ESG BRASILEIRA

Seis profissionais que têm sido protagonistas em fazer avançar o ESG em suas áreas de atuação colocam o 'S' no centro do debate

13 de Outubro, 2021 leia mais

AFINAL, DE ONDE VÊM AS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NO...

Via desmatamento ou pela fermentação entérica dos animais, a pecuária puxa a fila dos vilões locais do aquecimento global

13 de Outubro, 2021 leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA COMEÇAR A ENTENDER O MERCADO DE...

E o que o Brasil está perdendo ao adiar essa discussão

13 de Outubro, 2021 leia mais

UFSC DESENVOLVE TECNOLOGIA DE ENERGIA EÓLICA INÉDITA NO BRASIL

Cientistas do grupo UFSCkite trabalham em um protótipo que substitui as torres convencionais por um cabo e, no lugar das pás, é usado um tipo de asa

07 de Outubro, 2021 leia mais

CONDOMÍNIOS DE AGROENERGIA PROMOVEM ECONOMIA PARA PEQUENAS...

A geração de gás natural em pequenas propriedades rurais, por meio de um sistema integrado, é um bom negócio para o ambiente e para os produtores.

07 de Outubro, 2021 leia mais
  • Página 1 de 54
  • >