Notícias

13 de Novembro, 2018

Nova portaria da FEPAM sobre o MTR ON LINE PORTARIA FEPAM N0 87 de 2018

A Portaria FEPAM Nº 33/2018 foi revogada pela nova Portaria FEPAM Nº 87/2018, que está em vigor desde 30/10/2018. Salienta a obrigatoriedade da utilização do sistema MTR Online nas atividades que envolvam o transporte de resíduos em território estadual e fala da gratuidade do cadastro.

Ressalta ainda que o MTR Online é o único sistema válido para documentar a movimentação de resíduos sólidos no Estado do Rio Grande do Sul e que o documento não dispensa o atendimento dos demais requisitos legais impostos pelos órgãos competentes referentes ao transporte de resíduos.

O que a nova Portaria alterou:

A emissão do MTR on line está isenta nas situações abaixo além daquelas situações já previstas no texto anterior:

Pequenos geradores (pessoas físicas e jurídicas que exercem atividades isentas de licenciamento ambiental nos termos da Resolução CONSEMA Nº 372/2018, como restaurantes, pequenos mercados, lanchonetes, casas de carne, entre outros).


Importante: esta isenção não se aplica aos estabelecimentos geradores de resíduos do serviço de saúde dos grupos A, B e E, conforme Resolução CONAMA Nº 358/2005 e RDC ANVISA Nº 222/2018, tais como: farmácias, clínicas médicas, odontológicas, veterinárias e consultórios, para os quais permanece a necessidade de emissão do MTR para transporte.

Os resíduos sólidos que tenham acordos setoriais de logística reversa implantados, com documentação própria de coleta e destinação, como:

- resíduos e embalagens de óleos lubrificantes pós-consumo, nos termos da Portaria SEMA/FEPAM no 001-2003;

- óleo lubrificante usado contaminado (OLUC) na cadeia de logística reversa controlada pela ANP e nos termos da Resolução CONAMA Nº 362/2005;
- pilhas e baterias, regrado pela Resolução CONAMA Nº 401/2008;
- pneus na cadeia de logística reversa controlada pela RECICLANIP.
- Lâmpadas inservíveis contendo mercúrio até a quantidade de 100 unidades, exceto quando tratar-se de empreendimento passível de licenciamento ambiental.

Importante: todos estabelecimentos que possuem licença ambiental agora devem emitir o MTR on line para o envio de qualquer quantidade de lâmpadas fluorescentes e não mais somente acima de 100 unidades.

Resíduos sólidos provenientes de ECOPONTOS ou PEV (ponto de entrega voluntária);

Cadáveres humanos e cadáveres de animais de estimação de pessoas físicas ou de responsável não identificado;
Peles de animais oriundas de abatedouros quando destinadas para unidades de curtimento;
Resíduos sólidos provenientes de apreensões, gerados a partir de ações de fiscalização, executadas por órgãos públicos no exercício de suas funções;
Resíduos sólidos provenientes de manutenção de sistemas públicos de saneamento e de manutenção da rede elétrica: esta isenção refere-se do ponto de manutenção até a unidade de recebimento dos resíduos cuja responsabilidade é do gerador, sendo a partir desta unidade obrigatória emissão de MTR;

A nova Portaria ainda define que os destinadores cadastrados no programa passam a ter 45 dias a contar da data de emissão do registro do MTR, para proceder com a baixa do MTR recebido bem como a emissão do CDF (Certificado de destinação Final) dos resíduos recebidos.


 

Notícias anteriores

22 toneladas de lixo foram interceptadas no Porto de Rio Grande

A carga contendo fraldas descartáveis, embalagens de produtos de limpeza e resíduos contaminados vinha da Alemanha.

16 de Agosto, 2019 leia mais

IBAMA E FEPAM CONCLUEM REGRAS PARA INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS

O IBAMA e os órgãos de meio ambiente de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul (Fepam) tem previsão de concluir, até final de agosto, as regras para...

09 de Agosto, 2019 leia mais

FEPAM PUBLICA OS CRITÉRIOS PARA DISPOSIÇÃO DE EFLUENTES...

Através da publicação da Portaria 68/2019 de 15/07/2019 a Fepam estabeleceu os critérios para a disposição final em solo de efluentes líquidos...

06 de Agosto, 2019 leia mais

BRASIL DESPERTA PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE...

As indústrias que comprovarem estar prontas a entrar em operação para geração de energia solar, energia eólica e através de Resíduos (hospitalar,...

29 de Julho, 2019 leia mais

A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Muito se tem ouvido sobre as mudanças que a IA está fazendo e ainda tem por fazer na produtividade das indústrias, na saúde... na vida das pessoas. O que...

18 de Julho, 2019 leia mais

ALTERAÇÃO NAS REGRAS DO CADASTRO FLORESTAL DO RS

A aprovação da Lei Estadual nº 15.272/2019 introduziu modificações nas Taxas de Serviços Diversos, que incidem sobre os registros e renovações no...

03 de Julho, 2019 leia mais
  • Página 1 de 29
  • >