Notícias

11 de Janeiro, 2018

Divulgados dados referente a Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos do Brasil

Os números referentes à geração de RSU revelam um total anual de quase 78,3 milhões de toneladas no país, resultante de uma queda de 2% no montante gerado em relação à 2015.

O montante coletado em 2016 foi de 71,3 milhões de toneladas, o que registrou um índice de cobertura de coleta de 91% para o país, pequeno avanço comparado ao ano anterior, e que evidencia que 7 milhões de toneladas de resíduos não foram objeto de coleta e, con- sequentemente, tiveram destino impróprio.

A disposição final dos RSU coletados demonstrou piora comparado ao índice do ano anterior, de 58,7%, para 58,4% ou 41,7 milhões de toneladas enviadas para aterros sanitários. O ca- minho da disposição inadequada continuou sendo trilhado por 3.331 municípios brasileiros, que enviaram mais de 29,7 milhões de toneladas de resíduos, correspondentes a 41,6% do coletado em 2016, para lixões ou aterros controlados, que não possuem o conjunto de sistemas e medidas necessários para proteção do meio ambiente contra danos e degradações.

Os recursos aplicados pelos municípios em 2016 para fazer frente a todos os serviços de limpeza urbana no Brasil foram, em média, de cerca de R$9,92 mensais por habitante, uma queda de 0,7% em relação a 2015.

A geração de empregos diretos no setor de limpeza pública também apresentou queda de 5,7% em relação ao ano anterior e perdeu cerca de 17.700 postos formais de trabalho no setor.

O mercado de limpeza urbana no país seguiu a mesma tendência de recessão econômica e movimentou R$27,3 bi, uma queda de 0,6% em comparação a 2015.

 

GERAÇÃO DERSU

A população brasileira apresentou um crescimento de 0,8% entre 2015 e 2016, enquanto a geração per capita de RSU registrou queda quase 3% no mesmo período. A geração total de resíduos sofreu queda de 2% e chegou a 214.405 t/dia de RSU gerados no país.

COLETA DE RSU

A quantidade de RSU coletados no país apresentou índices negativos condizentes com a que- da na geração de RSU, tanto no total quanto no per capita e na comparação com o ano an- terior. No entanto, a cobertura de coleta nas regiões e no Brasil apresentou ligeiro avanço   e a região Sudeste continua respondendo por cerca de 52,7% do total e apresenta o maior percentual de cobertura dos serviços de coleta do país.

COLETA SELETIVA DERSU

A pesquisa direta realizada pela ABRELPE permitiu projetar que 3.878 municípios apresentam alguma iniciativa de coleta seletiva; cabe ressaltar, para o correto entendimento das informa- ções apresentadas a seguir, que em muitos municípios as atividades de coleta seletiva não abrangem a totalidade de sua área urbana.

Os dados detalhados a seguir por meio de gráfico e tabela mostram os resultados obtidos para o Brasil, bem como permitem a comparação destes com os resultados obtidos na pes- quisa de 2015.

DISPOSIÇÃO FINAL DERSU

Os índices de disposição final de RSU apresentaram retrocesso no encaminhamento ambien- talmente adequado dos RSU coletados, passando a 58,4% do montante anual disposto em aterros sanitários. As unidades inadequadas como lixões e aterros controlados ainda estão presentes em todas as regiões do país e receberam mais de 81 mil toneladas de resíduos por dia, com elevado potencial de poluição ambiental e impactos negativos na saúde.

 

Fonte: Panorama Abrelpe 

Notícias anteriores

RS já recolheu mais de 10 toneladas de lâmpadas fluorescentes

Com o intuito de promover a logística reversa e evitar a contaminação do meio ambiente, o Rio Grande do Sul implementou um programa de reciclagem de...

18 de Abril, 2018 leia mais

Confira nova regra sobre Resíduos de Serviços de Saúde

Resolução trata sobre as práticas de manejo, armazenamento, coleta e transporte dos resíduos e de seu destino final de acordo com o grupo de risco.

16 de Abril, 2018 leia mais

Economia circular defende que eletrônicos sejam criados para...

O Brasil está próximo de atingir a marca de um celular por habitante, conforme estimou uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas. A instituição apontou...

09 de Abril, 2018 leia mais

Sema disponibiliza acesso para facilitar cadastro de poços

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) disponibilizou na capa do site da Sema o acesso ao Sistema de Outorga de Água (Siout) para...

06 de Abril, 2018 leia mais

Carta aberta ABAS – A Falsa Privatização do Aquífero...

Diante das falsas noticias sobre a privatização do Aquífero Guarani, a ABAS – Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, por ser a entidade que...

28 de Março, 2018 leia mais

20 ANOS DE ATUAÇÃO NA AREA AMBIENTAL: GLOBAL ENGENHARIA...

“SOMOS TRAJETÓRIA, SOMOS FUTURO!” com esse slogan a Global Engenharia Ambiental iniciou na noite desta terça, 20/03, no Hotel Intercity de Caxias do Sul,...

21 de Março, 2018 leia mais
  • Página 1 de 20
  • >